intermodal portugal shortsea

Short Sea Shipping terá papel «fundamental na recuperação económica», diz Pedro Saura

Marítimo Comentários fechados em Short Sea Shipping terá papel «fundamental na recuperação económica», diz Pedro Saura 277
Tempo de Leitura: 2 minutos

Por ocasião da realização de uma conferência organizada pela Associação Espanhola para a Promoção do Short Sea Shipping (SPC-Espanha), o
Secretário de Estado dos Transportes de Espanha, Pedro Saura, enfatizou a importância dos investimentos em corredores de transporte, não apenas em termos de infra-estrutura, mas também nos domínios da intermodalidade, digitalização, logística e sustentabilidade.

Neste contexto de projecção do futuro do Transporte, que terá de ser sustentado em maiores índices de sustentabilidade ambiental, Pedro Saura deu relevo à importância do transporte marítimo de custa distância, que, defendeu, deverá «desempenhar um papel fundamental tanto na recuperação económica como na transferência da economia, para uma mais digital e sustentável, e portanto mais competitiva a médio e longo prazo».

Aposta deverá passar por «cadeias de abastecimento mais curtas»

Durante a sua intervenção no evento, Pedro Saura alertou que «é preciso ir além da lógica de pensar apenas em infra-estrutura e falar mais em transporte». A pandemia está a ter fortes repercussões no tecido empresarial e económico europeu, surgindo agora, a olho nu, «as fragilidades da economia europeia», frisou o representante do Governo espanhol. Torna-se urgente «apostar na reindustrialização e no fortalecimento de um mercado europeu», declarou Pedro Saura, defendendo a importância da aposta em «cadeias de abastecimento mais curtas».

Segundo noticiou a reportagem do jornal espanhol ‘El Mercantil‘, os governos devem priorizar «vias de transporte alternativas», apostando cada vez mais na «eficiência, competitividade e sustentabilidade do transporte»: o short sea shipping enquadra-se, neste prisma, como uma opção viável, segura, flexível e eficiente. Esta visão é partilha por Francisco Toledo, presidente da Puertos del Estado. «O transporte marítimo de curta distância é uma oportunidade na medida em que pode absorver grande parte das emissões que agora são emitidas pela rodovia», observou.

Sustentabilidade é «necessidade»: short sea shipping pode ser solução

«A sustentabilidade ambiental já não é uma opção, mas sim uma necessidade», constatou Francisco Toledo, durante a sua intervenção, lembrando que, em 2020, 32 milhões de euros foram alocados pelas autoridades portuárias espanholas para alavancar esta meta. Uma iniciativa conjunta que, segundo o presidente do organismo estatal que tutela os portos espanhóis, coloca o Porto de Barcelona «na vanguarda, promovendo a electrificação portuária, a eficiência energética e um pacote muito importante de conectividade ferroviária».

Fonte: El Mercantil

Back to Top

© 2020 Magia Azul, all rights reserved.
Partilhar
Partilhar
pt Português
X
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com