SIMM desconvoca greve e está pronto para negociar: SNMMP cada vez mais isolado

Terrestre Comentários fechados em SIMM desconvoca greve e está pronto para negociar: SNMMP cada vez mais isolado 254
Tempo de Leitura: 2 minutos

Durante a noite de ontem (dia 15 de Agosto), o Sindicato Independente dos Motoristas de Mercadorias (SIMM) resolveu, após sentar-se à mesa – sob a mediação do Governo – com a ANTRAM, desconvocar a greve e está, agora, preparado para negociar com os patrões. Esta aproximação negocial chega um dia depois do acordo firmado entre a FECTRANS e a associação de transportadoras, e deixa o sindicato SNMMP ainda mais isolado na luta.

Greve «não surtiu os efeitos que desejávamos», admitiu representante do SIMM

«A greve vai ser desconvocada. Não surtiu na realidade os efeitos que desejávamos, mas surtiu em alguma parte porque hoje fala-se da profissão de motorista, da nossa vida, há um conhecimento do que é a nossa profissão e a nossa categoria profissional», afirmou Anacleto Rodrigues, porta-voz do  SIMM, citado pela Lusa e pelo ‘Diário de Notícias’. «Agora vamos trabalhar com aquilo que eram as nossas propostas», confirmou.

A saída definitiva da greve aconteceu após uma reunião no Ministério das Infra-estruturas, que reaproximou o sindicato da ANTRAM: a primeira reunião de trabalho está marcada para o próximo dia 12 de Setembro, adiantou Anacleto Rodrigues. Com esta saída da greve, o sindicato SNMMP fica ainda mais isolado, fazendo agora sozinho as despesas da paralisação que arrancou no passado dia 12 de Agosto.

Vencedor foi o diálogo, declarou a ANTRAM

Para o porta-voz da ANTRAM, André Matias de Almeida, existe um vencedor, «que é o diálogo»: para o advogado, citado pela Lusa, o SIMM «conseguiu dar um passo muito importante na assinatura deste acordo». Segundo André Matias de Almeida, o sindicato desconvocou primeiro a greve e só depois voltou à mesa das negociações: um comportamento que a associação ambiciona que o SNMMP também adopte.

O acordo, adiantou a ANTRAM, incide sobre «aumentos salariais em 2020», a «questões relacionadas com cargas e descargas» e outras matérias. Recorde-se que o acordo firmado com a FECTRANS incidiu também sobre aumentos mínimo salariais de 120 euros já para 2020. À saída da reunião, o Ministro das Infra-estruturas, Pedro Nuno Santos, saudou a pacificação e o acordo e pediu ao SNMMP para seguir o exemplo.

«Fazemos o apelo ao SNMMP para que desconvoque a greve e se junte a este processo negocial. É o que todos os portugueses esperam», declarou o governante. «O país inteiro espera pelo fim da greve, e os motoristas também», frisou, deixando um conselho ao último sindicato em luta: «Não queremos que ninguém fique isolado, queremos que a greve seja desconvocada. Esperamos que seja escolhida a via do diálogo», atirou.

Back to Top

© 2019 Magia Azul, all rights reserved.
Partilhar
Partilhar
pt Português
X
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com