sines terminal gnl ren

Porto de Sines pode ser a «terceira porta de entrada» de GNL na União Europeia, diz Primeiro-Ministro

Marítimo Comentários fechados em Porto de Sines pode ser a «terceira porta de entrada» de GNL na União Europeia, diz Primeiro-Ministro 557
Tempo de Leitura: 1 minutos

Durante um discurso proferido ontem (dia 4 de Junho) na Fundação Gulbenkian, António Costa reforçou que o Porto de Sines é peça estratégia de máxima importância no âmbito do fornecimento de gás natural liquefeito (GNL) para o mercado europeu.



O Primeiro-Ministro recordou que, já no ano de 2016, o porto alentejano havia recebido «o primeiro barco com GNL, proveniente dos EUA», estando, agora, preparado para manter esse papel de gateway do GNL norte-americano no velho continente.

Portugal pode «assegurar» uma «terceira porta de entrada» de GNL na UE

«A Europa, que é altamente dependente de energia, e que tem, neste momento, o seu fornecimento assegurado, seja por via da Argélia, seja por via da Rússia, necessita, seguramente, de ter uma terceira porta de entrada segura, como aquela que os EUA e Portugal podem assegurar e que é do interesse estratégico de ambos os países e também do conjunto da União Europeia», afirmou.

Recorde-se que, recentemente, António Costa havia frisado a valia estratégica do Porto de Sines, considerando a infra-estrutura portuária portuguesa um «ponto intermédio» de vital importância para o transhipment de GNL.



Author

Back to Top

© 2020 Magia Azul, all rights reserved.
Partilhar
Partilhar
pt Português
X
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com