ANTRAM camião

SNMMP expressa «total estupefacção» perante os serviços mínimos decretados pelo Governo

Terrestre Comentários fechados em SNMMP expressa «total estupefacção» perante os serviços mínimos decretados pelo Governo 434
Tempo de Leitura: 1 minutos

Na sequência do desentendimento entre ANTRAM e SNMMP face aos serviços mínimos a serem decretados para a próxima greve dos motoristas de matérias perigosas, o Governo lançou ontem o despacho que fixa tal desígnio, estabelecendo serviços mínimos aos feriados e fins-de-semana. O sindicato já veio a terreiro expressar a sua «estupefacção» perante a decisão, ao passo que a ANTRAM esperava mais.

Como a Revista Cargo adiantou, hospitais, bombeiros, aeroportos ou forças de segurança contarão com o abastecimento de combustível nos três sábados e domingos abrangidos pela paralisação. Na sequência da decisão do Executivo, os motoristas dizem não compreender a obrigação de cumprir trabalho fora do horário regular (período sobre o qual incide a greve).

SNMMP questiona decisão do Executivo

De acordo com o ‘Dinheiro Vivo’, o SNMMP já pediu esclarecimentos ao Governo sobre o facto de estabelecer como referência as condições que havia neste mês do ano passado, em vez de indicar números para os serviços mínimos, «deixando ao critério arbitral das empresas qual o valor de referência dos períodos homólogos».

No documento assinado por Francisco São Bento, ao qual o jornal teve acesso, o sindicato questiona quem ficará encarregue do cumprimento dos serviços mínimos e questiona o Executivo sobre «a estranheza de existir uma obrigatoriedade de prestação de serviços em regime de trabalho suplementar, tendo em conta que toda a nossa legislação entende que o trabalho extraordinário deve ser prestado somente em regime excepcional».

Com DN e Dinheiro Vivo

Author

Back to Top

© 2020 Magia Azul, all rights reserved.
Partilhar
Partilhar
pt Português
X
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com