Soluções de VTS fornecidas pela Wärtsilä «aumentam eficiência» nos portos de Lisboa e Setúbal

Marítimo Comentários fechados em Soluções de VTS fornecidas pela Wärtsilä «aumentam eficiência» nos portos de Lisboa e Setúbal 414
Tempo de Leitura: 2 minutos

A empresa tecnológica Wärtsilä anunciou hoje que «completou com sucesso a instalação e o treino do staff operacional para a sua solução Vessel Traffic Service (VTS) nos portos de Lisboa e Setúbal/Sesimbra em Portugal».

Novas soluções de ponta «aumentarão a eficiência» dos portos de Lisboa e Setúbal, afiançou a Wärtsilä

Segundo revelou a companhia nórdica, famosa pelos projectos ligados à automação marítima, «os sistemas aumentarão a eficiência desses portos, reduzindo o tempo de espera para as embarcações e permitindo a pilotagem just-in-time». A solução, caracterizada pela Wärtsilä de «última geração», foi desenvolvida e fornecida pela Transas, que integra a Wärtsilä. O projecto foi concluído em Janeiro.

Explica a Wärtsilä que o projecto «dois centros de controle VTS, sete locais remotos com sensores e a integração de vários radares, Estações Base do Sistema de Identificação Automática (AIS), câmeras dia/noite, Radio Direction Finders, VHF e Subsistemas Navtex e sensores climáticos e marítimos». Além disso, adiantou, os dados são compartilhados directamente entre os centros de controlo e os pilotos por meio da aplicação Pilot Portable Units – Pilot PRO».

«Este projecto é mais um exemplo notável de como a Wärtsilä utiliza altos níveis de conectividade e digitalização para desenvolver a mais recente tecnologia, a fim de criar segurança marítima e eficiência operacional ainda maiores, como parte de sua visão de Ecossistema Marinho Inteligente», comentou Dmitry Rostopshin, Director de Controlo e Gestão de Tráfego de Navios da Wärtsilä.

«Lisboa e Setúbal são importantes portos da Península Ibérica e ter esta tecnologia avançada beneficiará as nossas operações»

«Estamos extremamente satisfeitos com a solução VTS para estes portos e agradecemos à Wärtsilä pela abordagem eficiente deste importante projecto. Lisboa e Setúbal são importantes portos da Península Ibérica e ter esta tecnologia avançada beneficiará as nossas operações e a segurança da navegação de muitas formas», afirmaram Rui Barata, Chefe do Departamento de Pilotos e VTS, na APL, e Carlos Marques, Director de Segurança Portuária e Marítima, na APSS.

O software VTS Navi-Harbour, da Transas, tem amplas funcionalidades e a solução é modular, escalável e acessível para futuros desenvolvimentos de actualização.

Author

Back to Top

© 2019 Magia Azul, all rights reserved.
Partilhar
Partilhar
pt Português
X
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com