Stanislas Lemor

Stanislas Lemor: «Forte abrandamento económico» impactou negócio da STEF no 2º trimestre

Empresas, LogísticaComentários fechados em Stanislas Lemor: «Forte abrandamento económico» impactou negócio da STEF no 2º trimestre343
Tempo de Leitura: 1 minutos

O Grupo STEF anunciou um volume de negócios de 697,5 milhões de euros no 2º trimestre de 2020. Neste período em questão, todas as operações do grupo sofreram um duplo impacto, explicou Stanislas Lemor, presidente e director-geral do grupo.

Stanislas Lemor explicou «circunstâncias duplamente excepcionais»

«Neste trimestre, o Grupo deparou-se com circunstâncias duplamente excepcionais, uma vez que à crise sanitária da Covid-19 se acrescentou um forte abrandamento económico», comentou, em jeito de balanço, o presidente e director-geral do grupo, líder europeu em serviços de transporte e logística de produtos alimentares sob temperatura controlada. O impacto, acrescentou, foi sentido de forma transversal.

«Em todos os países onde operamos todas as nossas actividades foram impactadas, com excepção das associadas ao retalho alimentar. Lançámos também um plano de adaptação e assegurámos financiamento de forma a prosseguir com a implementação da nossa estratégia a médio e longo prazo», declarou ainda Stanislas Lemor, citado por um comunicado do Grupo STEF, ao qual a Revista Cargo teve acesso.

«Itália, Espanha e Portugal demonstraram grande resiliência, enquanto que na Bélgica e nos Países Baixos houve maior impacto», adiantou o grupo na missiva enviada às redacções. Na STEF França, o período de confinamento, que durou quase dois meses, teve impacto na evolução do volume de negócios, que diminuiu 12,3%.

Back to Top

© 2020 Magia Azul, all rights reserved.
Partilhar
Partilhar
ptPortuguês
X
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com