Rede STCP autocarro

STCP com contas individuais e consolidadas de 2020 aprovadas em Assembleia Geral

Empresas, Terrestre Comentários fechados em STCP com contas individuais e consolidadas de 2020 aprovadas em Assembleia Geral 204
Tempo de Leitura: 3 minutos

A STCP – Sociedade de Transportes Colectivos do Porto, o maior operador de transportes públicos na Área Metropolitana do Porto, anunciou, em comunicado, a aprovação, em Assembleia Geral, na passada Quarta-feira, das contas individuais e consolidadas relativas ao ano de 2020.

STCPEm 2020, a actividade da STCP foi «fortemente afectada pela pandemia da Covid-19», embora a empresa se tenha mantido «sempre activa, com os trabalhadores das actividades operacionais na chamada ‘Linha da Frente’, tendo inclusive reforçado a sua oferta em alguns períodos do ano».

A empresa realçou que, contudo, com o confinamento, «com a larga maioria das actividades económicas encerradas e a adopção da modalidade de teletrabalho, verificou-se uma diminuição no número de passageiros transportados nunca antes vista na história da STCP e consequentemente na receita de transporte», frisou a empresa. Desde o início da pandemia que a empresa adoptou e implementou medidas para conter a propagação do surto de Covid-19, em estreita articulação com a Administração Regional de Saúde do Norte, cumprindo a legislação em vigor e as indicações da DGS e da tutela sectorial e da Câmara Municipal do Porto, e tendo como principal preocupação a segurança dos seus trabalhadores e clientes.

Procura 2020

Transportados 49,2 milhões de passageiros, com redução de cerca de 27,5 milhões de passageiros (-35,8%) em comparação com o ano de 2019.

Análise Financeira

  • Receita do serviço de transporte: a STCP sofreu uma diminuição de 17,3 milhões de euros (35,1%) comparativamente com o ano de 2019, atingindo o valor de 32,1 milhões de euros, em linha com a quebra da procura. A agravar este resultado, acresce o facto de não ter ocorrido aumento nos preços dos títulos de transporte em 2020.
  • Resultados: a STCP encerrou o ano de 2020 com o EBITDA recorrente negativo de 3 milhões de euros, representando um agravamento, face a 2019, de 6,5 milhões de euros (-186%).

O resultado líquido foi negativo em 12 milhões de euros, registando um agravamento de 8,9 milhões de euros (-281%), face ao ano anterior. Esta evolução deveu-se essencialmente ao agravamento do resultado operacional (EBIT) em 11 milhões de euros (-826%) e ao desagravamento do resultado financeiro em 2,2 milhões de euros (47,2%), face a 2019, que atingiram os valores negativos de 9,8 milhões de euros e 2,5 milhões de euros, respectivamente.

Investimentos

Total do investimento realizado pela STCP em 2020 que ascendeu a 17,9 milhões de euros.

  • Ficou concluída a primeira fase do Programa de Renovação da frota de autocarros da STCP, iniciado em 2018, com a recepção das últimas 79 viaturas a gás natural, de um total de 188 novos autocarros, dos quais 15 eléctricos e 173 a gás natural, que foi responsável por 95% do total do investimento realizado.
  • O novo Posto de Abastecimento a Gás Natural Veicular, na Estação de Recolha da Via Norte entrou em funcionamento no terceiro trimestre de 2020. Este equipamento enquadra-se na aposta da empresa por combustíveis mais eficientes e mais amigos do ambiente. O investimento associado a este projecto foi de 2,52 milhões de euros, co-financiado pelo POSEUR.

Recursos Humanos

A empresa continuou a assentar a sua actividade na qualidade da gestão dos seus recursos humanos, integrando o seu quadro de pessoal (não incluindo órgãos sociais), a 31 de desmembro de 2020, mais 1.333 trabalhadores, representando um reforço de 44 trabalhadores comparativamente com o ano anterior. De forma global, ao longo do ano de 2020 ocorreram 62 saídas e entraram 106 novos trabalhadores.

Intermunicipalização

No final do ano, a 27 de Dezembro, entrou em vigor o terceiro aditamento ao Contrato de Serviço Público da STCP, celebrado entre os municípios servidos pela rede de transporte da empresa – Gondomar, Maia, Matosinhos, Porto, Valongo e Vila Nova de Gaia – e a STCP, consolidando-se assim a transição para a Intermunicipalização da STCP, que teve início a 1 de Janeiro de 2021.

Author

Back to Top

© 2020 Magia Azul, all rights reserved.
Partilhar
Partilhar
pt Português
X
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com