stef armazém

STEF alcança volume de negócios de 2.320,8 milhões entre Janeiro e Agosto de 2020

Empresas, Logística Comentários fechados em STEF alcança volume de negócios de 2.320,8 milhões entre Janeiro e Agosto de 2020 264
Tempo de Leitura: 2 minutos

O Grupo STEF, líder europeu em serviços de transporte e logística de produtos alimentares em temperatura controlada, anunciou, em comunicado, um volume de negócios de 829,8 milhões de euros no terceiro trimestre de 2020 e 2.320,8 milhões nos primeiros nove meses do ano.

STEF confiante no seu «modelo de negócio diversificado»

«Apesar de uma ligeira retoma durante o Verão, a evolução das vendas do Grupo no terceiro trimestre ilustra o contexto da contínua crise sanitária e económica e a forma heterogénea como esta está a afectar os vários intervenientes no sector agro-alimentar. Para apoiar os seus clientes industriais, distribuidores e operadores de restauração, o Grupo está mais mobilizado do que nunca e continua confiante nos seus fundamentos e no seu modelo de negócio diversificado», comentou, a propósito dos números, Stanislas Lemor, Presidente e Director Geral do Grupo STEF.

Embora «tenha continuado a evoluir num universo alimentar robusto e resiliente», assinalou o grupo, o consumo e os comportamentos alimentares contrastam de país para país. Dentro do mesmo país, as áreas de negócio também apresentaram comportamentos diferenciados.

STEF França

Em geral, reporta o relatório da STEF, o consumo alimentar melhorou em Julho e Agosto não voltando, contudo, aos níveis de pré-crise. A área de retalho (GMS) voltou a apresentar dinamismo graças ao desenvolvimento do comércio electrónico (uma tendência global que se acentuou com a pandemia), que está a atrair cada vez mais consumidores, bem como à retoma dos canais de distribuição tradicionais.

As actividades de produtos refrigerados, congelados e TSA resistem, sendo a indústria alimentar um dos sectores menos afectados pela crise. Quanto às actividades de restauração e pescado fresco, estas continuam a ser «bastante impactadas e ainda não regressaram aos níveis de pré-crise».

Internacional: cenários de «contracção»; Suíça com «boa dinâmica»

Nos restantes países europeus onde o Grupo está presente, a situação, vinca, continua a ser «mais difícil», devido a uma recuperação económica mais lenta e à actividade turística irregular. Devido ao término da actividade de pescado fresco e à descontinuação de alguns dossiers comerciais, o volume de negócios em Itália sofreu uma «contracção». Ao contrário, ressalva do documento, a Suíça registou uma «boa dinâmica comercial».

Actividade Marítima

O volume de negócios do terceiro trimestre 2020 foi impactado pela alteração do perímetro de actividade, que abrange agora, e desde 1 de Outubro de 2019, apenas os portos de Propriano e Porto Vecchio. Além disso, a época balnear não compensou o impacto da crise sanitária: o comportamento dos veraneantes e a evolução do transporte de mercadorias permaneceram suspensos durante a pandemia.

Author

Back to Top

© 2020 Magia Azul, all rights reserved.
Partilhar
Partilhar
pt Português
X
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com