Stefan Verberckmoes

Stefan Verberckmoes (Alphaliner): «São os expedidores que estão a inflacionar os preços»

Marítimo Comentários fechados em Stefan Verberckmoes (Alphaliner): «São os expedidores que estão a inflacionar os preços» 274
Tempo de Leitura: 2 minutos

Stefan Verberckmoes, especialista para temas marítimos da analista internacional Alphaliner falou à publicação latino-americana ‘Mundo Marítimo‘, para analisar a subida galopante de preços do frete no sector do Shipping contentorizado. Na visão de Verberckmoes, os donos das cargas são aqueles que estão a inflacionar os preços: «Tudo depende do valor da carga e da urgência em embarcá-la», explicou o analista.

O que falta, então, à equação que junta a elevada procura, a escassez de contentores disponíveis e o congestionamento em portos-chave? Para explicar a subida galopante de taxas de frete contentorizado, é preciso olhar para o comportamento dos donos das cargas perante estas realidades, diz Stefan Verberckmoes: «Tudo depende do valor da carga e de quanto seu dono precisa para escoá-la, pois como não há capacidade suficiente, os proprietários de cargas de alto valor estão dispostos a pagar taxas premium para obter uma quota», explicou o especialista da Alphaliner.

NileDutch navioAssim, os proprietários das cargas de valores elevados acabam por erradicar as chances dos restantes, cujas mercadorias não são tão dispendiosas. «Se tens uma carga de baixo valor, tens um problema, pois os que podem pagar mais acabam a comprar o espaço que tu não és capaz de pagar», prosseguiu Verberckmoes, acrescentando que, na actualidade, não existe «visibilidade sobre o que irá acontecer». «Os stocks estão em baixa na América do Norte e isso torna previsível um aumento nas exportações da Ásia», analisou Stefan Verberckmoes.

Muitos começam já, no seio do Shipping contentorizado, a acreditar que a situação de disrupção irá continuar até ao Ano Novo Chinês de 2022, seguindo-se, depois, uma nova crise de excesso de oferta de capacidade, semelhante àquela que se viveu poucos anos antes da chegada da pandemia. Tudo dependerá de «como o vírus se comportará no mundo», disse o analista. Para Verberckmoes, a consolidação da indústria do transporte marítimo de contentores conduziu a um cenário de melhor preparação para o sector lidar com crise, podendo «gerir a capacidade» de forma a proteger o negócio de danos desnecessários.

Fonte: Mundo Maritimo

Foto: Alphaliner

Author

Back to Top

© 2020 Magia Azul, all rights reserved.
Partilhar
Partilhar
pt Português
X
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com