APDL Portos de Leixões

Sustentabilidade: APDL com candidatura aprovada ao Connecting Europe Facility – Transport

Marítimo Comentários fechados em Sustentabilidade: APDL com candidatura aprovada ao Connecting Europe Facility – Transport 257
Tempo de Leitura: 2 minutos

Foi aprovada no passado dia 15 de Julho a candidatura da APDL, ‘Studies for the Sustainable Development of the Port Cluster of Leixões’, a única candidatura portuguesa a merecer aprovação na CALL 2020, do Connecting Europe Facility – Transport.

A acção, com um valor de investimento aprovado de 990 mil euros e uma taxa de comparticipação de 50% (correspondendo a um co-financiamento de 495 mil euros), consiste em estudos preparatórios para intervenções nas áreas de resiliência das infra-estruturas de protecção marítima e transição energética no Porto de Leixões e Cais da Arrábida na Via Navegável do Douro, detalhou, em comunicado, a administração portuária.

Com o objectivo de cumprir as metas do Pacto Ecológico Europeu (European Green Deal) de neutralidade climática no cluster portuário gerido pela APDL e fortalecendo os esforços de protecção ao clima e construção de resiliência, a acção, detalhou a APDL, visa atender às seguintes necessidades:

  • Descarbonizar os sistemas energéticos do cluster portuário gerido pela APDL;
  • Resistência ao clima, construção de resiliência, prevenção e preparação de infraestruturas marítimas e portuárias.

A acção permitirá ainda alcançar os seguintes objectivos:

  • Melhoria da resiliência das infra-estruturas de protecção marítima, permitindo às infra-estruturas de protecção resistir aos impactos de condições climáticas extremas, mantendo o porto operacional em todas as condições meteorológicas e contribuindo para a protecção da orla costeira e da entrada da barra do Douro.
  • Reduzir a poluição atmosférica e sonora e as emissões de GEE no cluster portuário, promovendo a transição energética através do fornecimento de energia eléctrica em terra e melhorando métodos, equipamentos e regulamentos dentro das áreas portuárias, em cooperação com a comunidade portuária.

Refira-se que a APDL iniciou o Projecto Roadmap para a transição energética e descarbonização da actividade, que levará a alcançar a neutralidade carbónica e a auto-suficiência energética em 2035, o que significará fazê-lo 15 anos mais cedo do que o estipulado no chamado European Green Deal

Author

Back to Top

© 2020 Magia Azul, all rights reserved.
Partilhar
Partilhar
pt Português
X
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com