porta contentores carga contentorizada shipping

Alphaliner: estabilidade da taxa do frete marítimo já é coisa do passado

Marítimo Comentários fechados em Alphaliner: estabilidade da taxa do frete marítimo já é coisa do passado 357
Tempo de Leitura: 2 minutos

Desde a estrondosa queda da operadora sul-coreana Hanjin Shipping, em Agosto de 2016, que a indústria marítima tem imposto uma espartana disciplina no que à taxa do frete marítimo contentorizado concerne, mas, segundo as recentes (e unânimes) análises sobre o sector, essa disciplina parece, cada vez mais, coisa do passado. De acordo com a Alphaliner, o período de estabilidade do frete, resultante dessa disciplina nos preços, está prestes a dissipar-se por entre uma emergente (e reincidente) guerra por quota de mercado levada a cabo pelas operadoras.

Tréguas após queda da Hanjin já fazem parte do passado

A falência da Hanjin Shipping lançou o caos na indústria e serviu como alerta para a necessidade de uma concertação global ao nível do frete marítimo (com incidência natural sobre o excesso de capacidade e a urgência em equilibrar a relação oferta-procura). Esse entendimento partilhado pelas grandes operadoras deu origem a um ano de 2017 rentável e estável, mas, como explica agora a Alphaliner, essa estabilidade não durará muito mais, pois existem claros sinais de um ressurgimento da guerra pelas quotas de mercado.

A luta por um lugar ao sol no ‘ranking’ das quotas de mercado tem-se intensificado e deverá crescer de tom durante o último trimestre de 2017, adianta a especialista Alphaliner; isso será feito à custa de uma descida de preços, afectando os fretes marítimos e a sua estabilidade. «A trégua que as operadoras fizeram após a queda da Hanjin parece agora estar a desmoronar-se», confirma a Alphaliner no seu relatório. «Cortes nas taxas ainda antes de Outubro sugerem uma maior instabilidade, à medida que as operadoras se debatem por maiores quotas de mercado», acrescenta.

Cortes na taxa do frete: nova corrida pelas quotas de mercado

Realça a especialista marítima que o Shanghai Containerized Freight Index (SCFI) vem registando, durante as últimas seis semanas, consecutivos declínios; ao mesmo tempo, as transportadoras não foram capazes de impulsionar o aumento da taxa, quer em Agosto quer no início de Setembro. «Este é um claro sinal de que o corte da taxa está de novo a tomar conta do mercado», reforça a Alphaliner no documento ao qual a Revista CARGO teve acesso. A pergunta fica no ar, carecendo de resposta rápida: estará a indústria do ‘shipping’ a retomar um (velho) hábito que tanta tormenta trouxe no passado recente?

Back to Top

© 2019 Magia Azul, all rights reserved.
Partilhar
Partilhar
pt Português
X
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com