porto de sines terminal xxi psa

Terá Portugal um papel a desempenhar na iniciativa OBOR? Embaixador chinês acredita que sim!

Marítimo, TerrestreComentários fechados em Terá Portugal um papel a desempenhar na iniciativa OBOR? Embaixador chinês acredita que sim!905
Tempo de Leitura: 2 minutos

A iniciativa chinesa OBOR (One Belt One Road) tem conhecido avanços significativos nos últimos tempos e a questão que se coloca em Portugal é: irá o nosso país aproveitar o potencial inerente à iniciativa?

O Embaixador da China em Portugal não tem dúvidas em afirmar que o nosso país é «um parceiro importante» no âmbito da iniciativa, recordando que as relações entre os dois países vivem «o melhor período da sua história» – e que essa relação pode e deve ser reforçada com a OBOR.

As declarações de Cai Run foram proferidas no recente Fórum Empresarial das Oportunidades de Negócio entre Portugal, China e Macau, um evento organizado pelo Instituto para a Promoção do Comércio e do Investimento de Macau (IPIM), pelo Conselho da China para a Promoção do Comércio Externo (CCPIT) e pela Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal (AICEP).

Em 2016, as trocas comerciais entre os dois países cifraram-se nos 5,8 mil milhões de euros, valor 29% superior ao período homólogo anterior. Por outro lado, o investimento chinês em Portugal superou os 6 mil milhões de euros, num crescimento que é «constante», segundo o Embaixador chinês.

Fórum sobre o OBOR ditou rumo

A China realizou recentemente o Fórum Belt and Road, onde se «definiu rumos e identificou projectos a concretizar», recorda Cai Run, que destacou Portugal como responsável pela «página da grande era marítima» e, também por isso, como um «parceiro importante» na iniciativa.

Já a directora-geral do Ministério do Comércio da China para os assuntos de Taiwan, Hong Kong e Macau, Kang Wen, acrescentou que a iniciativa OBOR está «aberta a todos», algo que se tem visto na quantidade de países e entidades de que se têm associado.

Por seu lado, o vice-presidente da CCPIT, Zhang Wei, optou por salientar o potencial de turismo para Portugal, vincando que a China terá em breve 700 milhões de turistas a fazer férias no estrangeiro.

Porto de Sines destacado pela AICEP

A representar Portugal no Fórum Belt and Road esteve o Secretário de Estado da Internacionalização, Jorge Costa Oliveira, que destacou opapel do porto de Sines na inserção de Portugal no OBOR.

António Silva, vogal da AICEP, também vê o porto alentejano como uma peça chave, mostrando por outro lado o desejo de «incentivar empresas portuguesas a estabelecer parcerias com congéneres chinesas» – não só nos transportes mas também nas energias renováveis, economia do mar e inovação.

 

LEIA A REPORTAGEM SOBRE A INICIATIVA OBOR NO PRÓXIMO NÚMERO DA REVISTA CARGO!

 

Back to Top

© 2020 Magia Azul, all rights reserved.
Partilhar
Partilhar
ptPortuguês
X
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com