TLA

TLA – Terminal Logístico Automóvel aposta no aTrans para gestão do transporte de viaturas

Empresas, Marítimo Comentários fechados em TLA – Terminal Logístico Automóvel aposta no aTrans para gestão do transporte de viaturas 787
Tempo de Leitura: 2 minutos

O TLA – Terminal Logístico Automóvel, o novo projecto do Grupo SAPEC e do Grupo Barraqueiro, reforçou a oferta do Porto de Setúbal para a logística automóvel, tal como haviamos já noticiado aqui. A actividade já arrancou e a gestão operacional está a cargo do software aTrans.

Assumindo o papel de «solução logística de última geração», o TLA – Terminal Logístico Automóvel escolheu o aTrans para controlar e gerir a sua actividade de armazenagem, preparação, personalização e transporte de viaturas. «Toda a solução foi customizada e potenciada de acordo com a definição dos processos do TLA», anunciou a marca ABMN, através de um comunicado emitido esta Quarta-feira. Com esta implementação, vinca a empresa, o aTrans dá provas da sua «versatilidade e desenvolvimento à medida de clientes diferenciados e especializados».

TLA Porto de SetúbalA aposta do aTrans no TLA, além da «ampla cobertura operacional e desenvolvimentos funcionais», contempla ainda, acrescentou a empresa, a integração com SAP S/4HANA. «Com a abertura do aTrans a esta importante plataforma de gestão, a implementação do projecto TLA permite, como resultado final, um sistema totalmente fluído e integrado», explica a ABMN. Recorde-se que a solução aTrans já havia sido a escolha da Rodocargo, do Grupo Barraqueiro, que garante o transporte de veículos produzidos na Autoeuropa para o Porto de Setúbal.

Tal como a Revista Cargo havia já noticiado, o TLA chegou para assumir um papel de solução logística estratégica pela sua posição privilegiadas junto ao Porto de Setúbal, importante porta ibérica no mercado automóvel, com mais de 90% das entradas nacionais. O Parque Automóvel tem capacidade para 6000 viaturas que serão geridas pelo aTrans. «Com esta capacidade, o TLA usufrui e potencia o estatuto de liderança na entrada e saída marítima de viaturas que o Porto de Setúbal detém», salienta o comunicado.

A aposta do TLA neste software alimenta o contínuo crescimento desta solução de gestão operacional. «A solução para gestão da operação de transporte aTrans mantém-se em crescimento e evolução, abraçando projectos cada vez mais complexos e meticulosos, o que comprova a sua maturidade e primazia enquanto solução de topo para a gestão operacional do transporte e operações conexas», salientou a marca.

Author

Back to Top

© 2020 Magia Azul, all rights reserved.
Partilhar
Partilhar
pt Português
X
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com