eleições brexit

Reino Unido busca acordo comercial ‘pós-Brexit’ com a UE

LogísticaComentários fechados em Reino Unido busca acordo comercial ‘pós-Brexit’ com a UE321
Tempo de Leitura: 2 minutos

Depois da separação (cujos termos continuarão a ser negociados até 2018) da União Europeia, o Reino Unido não encara afinal com bons olhos um divórcio definitivo e disruptivo com a comunidade, buscando, como indicam os últimos desenvolvimentos, uma «abordagem mais empresarial ao Brexit», com o objectivo de fugir a um hipotético isolamento económico, como ressalvou a British International Freight Association (BIFA). O intento será o de estabelecer, com a UE, «uma união aduaneira temporária», diz o Executivo liderado por Theresa May.

Após o ‘Brexit’, Reino Unido quer relação comercial «sem fricções»

Na semana em que o Governo britânico inicia a terceira ronda negocial do ‘Brexit’ e tenta encontrar soluções político-económicas para a fronteira entre a República da Irlanda e o território britânico da Irlanda do Norte, intensifica-se a vontade britânica em negociar um «período transitório» que permita uma «associação próxima» com o restante comércio europeu e comunitário, com vista à implementação de relações comerciais «sem fricções», apesar de se encontrar a decorrer, no momento, a negociação dos termos do abandono da união aduaneira comunitária.

Tanto a BIFA como a Freight Transport Association (FTA) aplaudem a nova abordagem do Executivo de Theresa May, que vai ao encontro das preocupações demonstradas reiteradamente pelos dois organismos. O eventual isolamento económico tem sido um dos temas mais debatidos pela comunidade empresarial do Reino Unido durante os últimos meses, e, com esta decisão, o Governo terá acalmado as hostes: «O Governo reconheceu que não pode conduzir a economia britânica para o abismo do Brexit», declarou James Hookham, vice-presidente executivo da FTA.

«Abordagem mais empresarial ao ‘Brexit’», elogia BIFA

A posição do Executivo mereceu também elogios por parte da BIFA: «Uma posição unida a favor de uma abordagem mais empresarial e de negócios ao Brexit e da necessidade de facilitação do comércio entre Reino Unido e União Europeia», comentou a associação. Para a BIFA, será essencial a simplificação de processos administrativos e alfandegários, sendo igualmente desejável encontrar uma base comum e partilhada para que ambas as partes possam manter suas relações comerciais sem prejudicar as empresas.

Sector do Transporte e Logística essencial para sucesso do acordo

Para as associações e empresas ligadas ao comércio, transacção e transporte de produtos, nenhum acordo poderá ter sucesso se não integrar, tanto no debate como na implementação, todo o sector do Transporte & Logística do Reino Unido. Quer a FTA como a BIFA, consideram fundamental a participação do sector nas negociações: «Nenhum acordo comercial fará sentido sem que os requisitos logísticos sejam incluídos nas negociações», afirmou o vice-presidente da FTA, citado ontem pela imprensa britânica.

Back to Top

© 2020 Magia Azul, all rights reserved.
Partilhar
Partilhar
ptPortuguês
X
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com