UPS camião logo

UPS reporta «forte crescimento do lucro operacional» no terceiro trimestre de 2019

Empresas, Logística Comentários fechados em UPS reporta «forte crescimento do lucro operacional» no terceiro trimestre de 2019 225
Tempo de Leitura: 3 minutos

A UPS anunciou os seus resultados referentes ao terceiro trimestre de 2019, registando um lucro por acção ajustado de 2,07 dólares, o que representa um aumento de 13,7% em relação ao mesmo período do ano passado. A empresa apresentou um forte crescimento do lucro operacional, de mais de 20%, liderado pelos mercados norte-americano e internacional. «O mercado doméstico (EUA) teve um desempenho excepcionalmente positivo numa comparação ano-a-ano, com aumentos de volume em todos os produtos», frisou a companhia.

«Os nossos resultados reflectem um progresso significativo potenciado pela nossa estratégia de transformação e pela nossa capacidade de gerar crescimento e proporcionar maior eficiência num ambiente económico dinâmico«, afirmou David Abney, presidente e CEO da UPS. «Tal como anunciámos recentemente, continuamos a estabelecer novas parcerias e a criar soluções inovadoras para acelerar o crescimento, aproveitando as oportunidades mais atraentes», acrescentou o responsável, citado por um comunicado da companhia.

Os custos da estratégia de transformação não estão incluídos nos resultados ajustados. Os resultados ajustados do terceiro trimestre de 2019 excluem custos antes de impostos de 63 milhões de dólares, ou 0,06 dólares por acção após impostos. Os resultados ajustados do 3Q de 2018 tinham excluído custos de transformação antes de impostos de 97 milhões, ou 0,09 por acção após impostos.

UPS: receita consolidada subiu para os 18,3 mil milhões de dólares

A receita consolidada aumentou 5%, para 18,3 mil milhões, impulsionada pelo forte crescimento médio do volume diário nos EUA. É de registar um «forte crescimento do lucro operacional», superando os 23% (20,1% numa base ajustada), liderado pelos segmentos doméstico e internacional. Os dividendos por acção aumentaram 5,5% e, durante o ano, a empresa recomprou 7 milhões de ações por aproximadamente 753 milhões.

No segmento doméstico dos EUA, o volume total de todos os produtos cresceu mais de 9%. O volume aéreo do dia seguinte aumentou quase 24%; o volume aéreo diferido subiu mais de 17%; e o volume de terra registou um incremento de quase 7%. Este crescimento foi impulsionado pelos remetentes B2C e B2B, especialmente nos sectores da distribuição, saúde e alta tecnologia.

«Os investimentos que estamos a efectuar em novas instalações e na automação da nossa rede, conjugados com a sólida execução das nossas estratégias, estão a produzir fortes resultados, permitindo uma alavancagem operacional muito positiva», referiu David Abney. «Vemos benefícios significativos de curto prazo nos EUA e um impulso contínuo do nosso crescimento futuro», acrescentou.

Segmento Internacional «em crescendo»

O segmento Internacional registou um forte lucro operacional e uma margem operacional em crescendo. O desempenho da empresa no trimestre é resultado de vários factores, incluindo um forte controlo de custos, uma boa execução e um crescimento nos mercados doméstico e de exportação. O segmento registou um crescimento no volume de exportações nas rotas comerciais intra-europeias, bem como em todas as rotas asiáticas.

Supply Chain and Freight potenciado pelos clientes de pequeno/médio porte

O desempenho no segmento Supply Chain and Freight foi potenciado pelos clientes de pequeno e médio porte, que geram receita de melhor qualidade, assim como pelas medidas de controlo de custos em toda a rede. A margem operacional atingiu os 7,3%; 7,6% numa base ajustada, ao passo que a receita da área de logística aumentou mais de 7% com o crescimento nos sectores da saúde, distribuição e produção.

Author

Back to Top

© 2020 Magia Azul, all rights reserved.
Partilhar
Partilhar
pt Português
X
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com