intermodal portugal shortsea

Valência consolida-se como porto estratégico para a logística automobilística

MarítimoComentários fechados em Valência consolida-se como porto estratégico para a logística automobilística493
Tempo de Leitura: 2 minutos

O Porto de Valência é, cada vez mais, um pólo dinamizador da indústria automobilística – a infra-estrutura tem já uma valia estratégica para este tipo de tráfego, possuindo um milhão de metros quadrados ao serviço do sector, dos quais 412.000 metros quadrados estão localizados em Valência e 560.000 metros quadrados no Porto de Sagunto.

O porto espanhol, que possui perto de cinco quilómetros de linha de atracação (1.845 metros quadrados em Valência e 2.800 metros quadrados em Sagunto), está configurado para permitir a chegada de grandes navios Ro-Ro, sendo uma das opções mais atractivas para a indústria automóvel.

Valência: um porto «virado para a indústria automóvel»

A Autoridade Portuária de Valência (APV) participou esta semana na última reunião do grupo Marítimo e Portuário da Association of European Vehicles Logistics, realizada em Nantes, França – o encontro serviu para analisar o «crescente interesse no Porto de Valência», uma infra-estrutura «que está consolidada como porto virado para a indústria automóvel», declarou Fatima Zayed, gestora de Serviços Logísticos da APV.

Fatima Zayed abordou ainda o facto de o porto espanhol ser o único porto espanhol a albergar, anualmente, uma dessas reuniões, que juntam diversas companhias de navegação, operadores logísticos e autoridades portuárias: tal «demonstra o interesse que existe». Este facto «permitirá à Valênciaport avaliar as suas infra-estruturas dedicadas ao sector automóvel, coincidindo com o arranque dos novos silos do Valência Terminal Europa», declarou, citada pela imprensa espanhola.

Tráfego de veículos cresceu 2,5% em 2017

Estas infra-estruturas completam o acesso ferroviário ao porto valenciano, ao qual se junta o acordo assinado com a Adif, para o qual a APV atribuirá 31 milhões de euros para o acesso ferroviário ao local de Sagunto. Recorde-se que os três terminais (Valência) e as cinco áreas de concessão e terminais de Sagunto – todos destinados à indústria automobilística – permitiram uma célere ascensão nos últimos dois anos.

O porto valenciano passou do décimo quarto posto mundial em termos de tráfego de veículos para a oitava posição no final de 2017. O tráfego de veículos no APV em 2017 fixou-se nos 794.954 veículos, um valor que representa um aumento de 2,5% em relação a 2016.

Back to Top

© 2020 Magia Azul, all rights reserved.
Partilhar
Partilhar
ptPortuguês
X
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com