autónomos

Standard & Poors: veículos autónomos de entregas serão «comuns» de 2030 em diante

Terrestre Comentários fechados em Standard & Poors: veículos autónomos de entregas serão «comuns» de 2030 em diante 417
Tempo de Leitura: 1 minutos

Vários estudos prevêem que o uso de veículos semi-autónomos será mais comum na década de 2020 e, enquanto isso, os avanços tecnológicos continuarão a facilitar a introdução progressiva de novas unidades completamente autónomas durante os próximos dez anos – as previsões apontam que, em 2030, a realidade da automação rodoviária já totalmente implementada na sociedade e nos sectores do Transporte e da Logística.



Utilização de veículos autónomos será comum de 2030 em diante, prevê a Standard & Poors

Além desta tendência (cada vez mais acelerada), várias empresas de consultadoria são da opinião de que os próximos anos intensificarão essa inclinação da indústria devido ao papel auxiliar da evolução dos motores eléctricos. Um recente relatório da Standard & Poors adianta que o uso de veículos autónomos será mais comum na década de 2030 nos Estados Unidos no que concerne ao transporte, quer de encomendas (embalagens/last mile), quer de longa distância.

Predominância desta automação poderá custar 3,8 milhões de postos de trabalho nos EUA

Além disso, a introdução progressiva de veículos autónomos no transporte terrestre de mercadorias – com um passo preliminar nos veículos semi-autónomos entre 2020 e 2030 e veículos totalmente autónomos partir desta última data – terá um impacto bastante influente sobre a empregabilidade no sector.

Nesse sentido, a Standard & Poor’s calcula, a partir de dados disponibilizados pelo Departamento de Comércio dos EUA, que os veículos autónomos poderão eliminar 3,8 milhões de postos de trabalho no país.



Author

Back to Top

© 2019 Magia Azul, all rights reserved.
Partilhar
Partilhar
pt Português
X
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com