GLS Portugal Víctor González

Víctor González (GLS Portugal): «A pandemia veio acelerar a uma maior adesão ao e-commerce»

Empresas, Logística Comentários fechados em Víctor González (GLS Portugal): «A pandemia veio acelerar a uma maior adesão ao e-commerce» 282
Tempo de Leitura: 3 minutos

Cerca de 42% dos portugueses vai aproveitar as oportunidades da Black Friday e Cyber Monday: esta é a conclusão de um estudo levado a cabo pela GLS Portugal. Com Novembro na recta final, as datas marcantes do online shopping global sucedem-se e, em Portugal, a tendência continua a crescer, tendo a pandemia acelerado ainda mais essa realidade, denotou Víctor González, director-geral da GLS Portugal.

Víctor González salientou «momento de forte dinâmica de compras»

e-commerce «Este é, sem dúvida, um momento de forte dinâmica de compras com evidente impacto na procura de transporte e distribuição de mercadorias. São oportunidades muito apetecíveis e às quais os portugueses, em geral, estão muito receptivos como o demonstra o estudo de comportamento que realizámos. A pandemia veio acelerar a uma maior adesão ao e-commerce e é natural que mais portugueses optem por fazer compras online neste período», analisou Victor González, ao debruçar-se sobre os resultados do estudo levado a cabo pela GLS Portugal.

Novembro tornou-se num dos meses mais activos em termos de comércio online e offline impulsionado pelos dois maiores eventos de compras global, a Black Friday e Cyber Monday, perspectivando-se, este ano, um aumento de compras online em relação aos anos anteriores devido ao Covid-19, com forte impacto na procura de empresas de transporte e distribuição de mercadorias. Neste contexto, o estudo da GLS revela que 42% dos inquiridos vai aproveitar as promoções do Black Friday e da Cyber Monday para fazer as suas compras. E, quase metade dos que não têm por hábito realizar as suas compras nestas datas, revelou abertura em fazê-lo, dependendo das promoções das marcas.

Estudo da GLS Portugal analisou comportamento dos consumidores

Apesar de continuarem a efectuar as suas compras de Black Friday e Cyber Monday quer em lojas físicas, quer online – cerca de 58% opta por um mix – , 25% dos inquiridos considera fazer as suas compras online este ano devido ao Covid-19. Mais de metade (58%) pretende gastar entre 50€ e 200€, 21% entre 201€ e 500€, 14% menos de 50 euros e 7% acima dos 500 euros, sendo que a maioria afirmou que pretende gastar um valor idêntico ao do ano passado, com 1 em quatro a revelar gastar um valor inferior. Quando inquiridos sobre se costumam dar preferência a marcas e sites nacionais ou optam por fazer as suas compras em sites internacionais, 22% compra apenas em sites nacionais mas a maioria (78%) utiliza ambos sites nacionais como internacionais, com 68% a afirmar aproveitar estas promoções para fazer algumas compras Natal.

Quando questionados sobre como classificam a sua experiência com as empresas de transporte a maioria (63%) avaliam as transportadoras que fazem as entregas das suas encomendas de uma forma muito positiva, com uma pontuação de 8 em 10. Sobre as empresas que materializam o e-commerce, ou seja, que levam as encomendas das lojas à casa das pessoas, a experiência dos inquiridos deixa a GLS em segundo lugar.

Investimento de 150 milhões na rede europeia

«Para dar resposta a este aumento expectável da procura temos vindo a reforçar as nossas capacidades e equipas. Além disso, implementamos medidas como preços especiais para encomendas até 3 quilos e soluções como FlexDeliveryService para proporcionar aos consumidores diferentes opções de recepção das suas encomendas, além de um investimento na rede europeia que ascendeu a 150 milhões de euros», acrescentou ainda o responsável da GLS Portugal, citado por um comunicado da empresa, ao qual tivemos acesso.

Foto: Víctor González Twitter

Author

Back to Top

© 2020 Magia Azul, all rights reserved.
Partilhar
Partilhar
pt Português
X
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com