Vincent Clerc Maersk

Vincent Clerc assegura que «confiança» está intacta: Maersk quer «vencer com os transitários»

Empresas, Logística Comentários fechados em Vincent Clerc assegura que «confiança» está intacta: Maersk quer «vencer com os transitários» 281
Tempo de Leitura: 2 minutos

Apesar de algumas movimentações de mercado poderem indiciar o contrário, a Maersk garantiu, pela voz do CEO da divisão ‘Ocean and Logistics’, que a sua estratégia de integração não resultou na perda de apoio dos transitários, que continuam a ser vitais para a visão da operadora. Vincent Clerc garantiu que o grupo tem denotado uma expansão gradual dos seus negócios no segmento da Logística, noticiou a publicação ‘The Loadstar’.

Maersk não quer apenas «mover contentores de um porto para outro»

damco maerskAs palavras de Vincent Clerc surgem na sequência da saída da DB Schenker do portefólio de clientes da Maersk. A suposta agressiva postura da operadora dinamarquesa neste processo metamórfico de integração end-to-end gerou relatos de descontentamento entre as empresas transitárias, mas, garante o responsável da Maersk, não há qualquer problema decorrente desta nova estratégia. Clerc realçou que «cada vez mais clientes depositam a sua confiança na Maersk» enquanto a operadora «alcança mais e ocupa novas áreas dentro da cadeia de abastecimento».

O grupo extinguiu marcas como a Damco ou a Safmarine, rumo a um processo de integração logística há muito delineado – «Acho que correu muito bem», comentou Clerc. «Queremos cumprir funções diferentes, em vez de apenas mover contentores de um porto para outro», justificou, frisando que «os transitários representam 45% do negócio», uma cifra que é «praticamente a mesma de 2016», ano em que a Maersk definiu a nova estratégia. Olhando para os dados, o CEO da divisão ‘Ocean and Logistics’ foi taxativo: «Nessa perspectiva, não perdemos o apoio».

Vincent Clerc: Maersk quer ter «proposta de valor atraente» para transitários

Recorde-se que a decisão de abandonar a marca Damco despoletou críticas no âmago da indústria do transporte de mercadorias, com vários argumentos a apontarem para um potencial conflito de interesse, indo a Maersk de fornecedora a concorrente num ápice. Sobre o tema, Vincent Clerc não aprofundou, admitindo, contudo, que o segmento é «muito fragmentado e com muitas visões e estratégias diferentes». No fim, uma garantia: a operadora quer manter os transitários do seu lado: «Queremos vencer com os transitários e ter uma proposta de valor atraente para eles».

Foto: Maersk

Back to Top

© 2020 Magia Azul, all rights reserved.
Partilhar
Partilhar
pt Português
X
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com