volkswagen commercial comercial comerciais

Com 495 mil veículos, Volkswagen Commercial Vehicles bateu recorde de produção em 2017

Veículos Comentários fechados em Com 495 mil veículos, Volkswagen Commercial Vehicles bateu recorde de produção em 2017 289
Tempo de Leitura: 2 minutos

O ano de 2017 marcou mais uma etapa de progresso da Volkswagen – durante o ano que agora findou, a marca alemã Volkswagen Commercial Vehicles (VWCV) produziu cerca de 495 mil modelos, definindo um novo recorde de produtividade interno e denotando um crescimento homólogo de 3,8% face aos veículos produzidos durante 2016. Entre os modelos mais produzidos estão os T-Series, Caddy e a pick-up Amarok.


Digitalização, automação e aperfeiçoamento das condições laborais foram trunfos em 2018

«A marca dos 495 mil veículos construídos, e, portanto, dos aumentos renovados nos volumes de produção, são indicativos de focos de trabalho altamente eficientes constituídos por funcionários motivados, um pouco por todo o mundo», começou por justificar Josef Baumert, membro da administração da Volkswagen Commercial Vehicles (VWCV) e responsável pela divisão de Produção e Logística.

«A transformação digital e a estreita integração, o aperfeiçoamento das condições de trabalho da nossa força de trabalho e o aumento da automação aumentaram visivelmente a produção e o índice logístico para um novo nível», explicou Baumert, numa ‘newsletter’ da marca alemã (datada do dia 4 de Janeiro) à qual a Revista CARGO teve acesso. Josef Baumert sublinhou ainda que o novo recorde foi, portanto, o resultado de processos de fabricação continuamente optimizados em todos os locais de produção da VWCV. A fábrica de Września, na Polónia, foi considerada ‘fábrica do ano 2017’ pela marca.

Maior produção, menor impacto no ambiente, assegura Josef Baumert

A subida constante da produção não implicou uma acentuação do impacto no ambiente ambiente: esse factor de impacto foi, de acordo com as palavras de Josef Baumert, reduzido no período compreendido entre 2010 e Junho de 2017, em quase 45% na fábrica de Hannover e em 38% em todas as restantes fábricas. O administrador acrescentou ainda que o plano de disseminação de fábricas continua de vento em popa – isso é comprovado pelo sucesso da produção do Caddy na Argélia e pela produção do Amarok no Equador.


Back to Top

© 2018 Magia Azul, all rights reserved.
Partilhar
Partilhar
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com