Volvo Trucks equaciona compartilhar tecnologia de baterias eléctricas entre as suas marcas

Veículos Comentários fechados em Volvo Trucks equaciona compartilhar tecnologia de baterias eléctricas entre as suas marcas 310
Tempo de Leitura: 2 minutos

A fabricante de camiões Volvo Trucks planeia compartilhar a tecnologia de baterias eléctricas entre as suas marcas para domar o desenvolvimento e os custos de produção deste componente crucial mas ainda dispendioso, numa altura em que a empresa decidiu, como explicou na passada Segunda-feira à Reuters, aumentar a sua oferta na vertente eléctrica.



Volvo Trucks diz fazer todo o sentido compartilhar a tecnologia de baterias entre as suas marcas

Enquanto os fabricantes de veículos enfrentam custos crescentes para desenvolver veículos com emissões mais baixas e capacidades de condução cada vez mais automatizadas, a Volvo Trucks afirmou que fará «absolutamente» sentido, para as suas marcas – que incluem a japonesa UD Trucks, da Suécia, Scania e Mack Trucks nos Estados Unidos – compartilhar a tecnologia referente às baterias.

«Estamos a esforçar-nos por reutilizar muito quando se trata de componentes caros, que se tornam dispendiosos quando falamos de desenvolvimento e custos de produção…não apenas entre as marcas de camiões, mas também entre as marcas de autocarros e equipamentos de construção», comentou Lars Stenqvist, director de tecnologia da Volvo Group Trucks Technology, durante uma entrevista concedida na semana passada.

«Assim podemos obter grandes volumes quando reutilizamos componentes em todo o grupo», acrescentou Lars Stenqvist. A UD Trucks informou que planeia lançar uma versão eléctrica do seu camião Quon em 2020, isto depois da Volvo Trucks ter anunciado, no arranque de Abril, que lançaria camiões de médio porte para entregas e colecta de lixo na Europa em 2019.

Aposta na vertente eléctrica é transversal à concorrência

«Como compartilhamos tecnologias e plataformas, não será difícil levar esse objectivo adiante», comentou Douglas Nakano, vice-presidente sénior da UD Trucks Technology durante a mesma entrevista: «Tecnologicamente falando, estamos prontos», concluiu ainda. Recorde-se que a Mitsubishi Fuso, da Daimler AG, começou a vender a sua versão eléctrica de camião de entregas no Japão e nos Estados Unidos em 2017, expandindo a oferta à Europa no início de 2018, ao passo que a Volkswagen garantiu estar a planear o lançamento de um camião de carga média na América do Norte até o final de 2019.

Leia Também:

Camião 100% eléctrico Volvo FL Electric chegará ao mercado no próximo ano



Back to Top

© 2019 Magia Azul, all rights reserved.
Partilhar
Partilhar
pt Português
X
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com