Walmart combate escassez de motoristas com bónus e recrutamentos modernizados

Terrestre Comentários fechados em Walmart combate escassez de motoristas com bónus e recrutamentos modernizados 1368
Tempo de Leitura: 1 minutos

A Walmart anunciou que, durante 2018, contratou cerca de 1400 novos motoristas de camião, um aumento de mais de 50% em relação a 2017 – os dados apresentados foram corroborados pelo recente relatório da ‘Yahoo Finance’.

A gigante americana do retalho atribui esta vitória (recorde-se que o mercado de motoristas de pesados vive dias difíceis nos EUA) à imposição de ciclos de contratação mais curtos (73 dias para 31 dias), à aplicação de bónus na ordem dos 1500 dólares (especialmente por referenciação) e à aposta em práticas de recrutamento modernizadas.

A Walmart concentrou-se em 2018 na sondagem de mercado e recrutamento através das redes sociais, de forma a captar novos potenciais condutores provenientes de faixas etárias mais baixas, capazes de regenerar uma força de trabalho que, de acordo com os dados do sector, tem vindo a envelhecer consideravelmente.

Walmart: motoristas arrecadam 86 mil euros no primeiro ano

Segundo detalhou o relatório da ‘Yahoo Finance’, um motorista de pesados no seu primeiro ano de trabalho ao serviço da Walmart factura cerca de 86 mil dólares, um valor ao qual são adicionados bónus, plano de saúde e 21 dias de férias pagas. O relatório refere ainda que o salário dos motoristas de pesados tem sido a grande fonte de aumento de custos das transportadoras rodoviárias de mercadorias na última década.

Recorde-se que a escassez de motoristas (principalmente de pesados de mercadorias) é já um problema epidémico nos EUA, uma situação que se vem alastrando também no continente europeu. Em terras de Uncle Sam, uma das soluções encontradas para combater o flagelo tem sido o aumento da remuneração.

 

Author

Back to Top

© 2018 Magia Azul, all rights reserved.
Partilhar
Partilhar
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com