Walmart inova com o conceito de depósito flutuante para entregas com drones

Aéreo, Logística Sem comentários em Walmart inova com o conceito de depósito flutuante para entregas com drones 253

Impulsionada pela corrida à digitalização e pelo investimento em tecnologias revolucionárias, a contenda competitiva atravessa todos os sectores e coloca as empresas de transporte e logística em eterno combate pela preferência dos clientes. Esta rivalidade subiu ao céu com a disputa que opõe a Walmart à Amazon, depois da primeira entrar com um pedido de patente para plataforma logística flutuante que, recorrendo a drones, propõe-se a entregar mercadorias directamente nas casas dos consumidores.

Walmart: depósito flutuante para reduzir custos das retalhistas

Patenteadas pela Amazon em 2016, as aeronaves de entrega prometem transformar o transporte de mercadorias, mas o conceito de plataforma flutuante da Walmart – onde um depósito aéreo sem tripulação albergaria uma frota de drones – poderá levar essa revolução para um novo nível. O conceito promete reduzir os custos das retalhistas no que toca aos pedidos de transporte de mercadorias feitos pela Internet, especialmente no segmento ‘last mile’, levado a cabo por uma empresa de logística local ou nacional.

«O tráfego e a distância, os principais obstáculos em qualquer cidade grande ou numa uma zona rural longínqua, podem ser superados com um depósito flutuante», perspectivou Brandon Fletcher, analista do Sanford C. Bernstein. «Os depósitos móveis são uma ideia realmente boa, porque qualquer parte flexível de um sistema logístico permite que ele seja mais eficiente quando a procura oscila abruptamente. O mundo do comércio electrónico sofre com grandes variações na procura e exige soluções mais criativas», acrescentou.

Maior raio de acção, maior proximidade do cliente

Assim, e como Brandon Fletcher explanou à agência ‘Bloomberg’, o depósito flutuante contribuiria para um raio de acção e efectividade maiores, levando a uma maior capacidade de distribuição, mais célere e mais próxima dos clientes. De acordo com a opinião da empresa CB Insights, a aeronave (controlada por controlo remoto) poderia correr as várias cidades, libertando drones para executarem as entregas previstas e, no retorno, reabastecerem para voltarem à carga. «Tal sistema seria mais eficiente do alocar os drones para um centro de distribuição central», afirmou.

 

 

Related Articles

Leave a comment

Back to Top

Powered by MAEIL
error: Este conteúdo está protegido!