Yilport Liscont pretende recuperar cargas perdidas para portos espanhóis

Marítimo, Notícias Comentários fechados em Yilport Liscont pretende recuperar cargas perdidas para portos espanhóis 542
Tempo de Leitura: 2 minutos

Diogo Marecos, Administrador da Yilport, concedeu uma entrevista ao Negócios na qual aborda uma série de pontos chave do operador no mercado português.

Na entrevista,o Admninistrador da Yilport fala, entre outros assuntos, do importante investimento que o operador turco está a realizar no terminal de contentores de Alcântara (Yilport Liscont).

Investimento no terminal Yilport Liscont pretende recuperar cargas perdidas para Espanha

Diogo Marecos YilportA entrevista coincide com a chegada de quatro novas gruas de cais ao terminal Yilport Liscont, o terminal de contentores de Alcântara que está concessionado ao operador turco. Recorde-se que, no final do ano 2021, a Yilport assinou com a APL – Administração do Porto de Lisboa (APL) as alterações ao contrato de concessão deste terminal, onde irá investir 123 milhões de euros.

Questionado sobre o investimento nestas novas gruas, Diogo Marecos assumiu que “são uma fatia muito relevante do investimento a realizar” neste terminal, com o objectivo de inovar o equipamento e tentar captar cargas com destino a Portugal que têm sido movimentadas por portos espanhóis.

“A renovação do equipamento industrial de movimentação de mercadorias era indispensável por motivos de segurança, ambientais e para permitir que a infraestrutura possa competir com infraestruturas semelhantes, designadamente em Espanha, que nas últimas décadas conseguiram captar cargas que têm como destino final Portugal e que vêm sendo manipuladas em Espanha por falta de equipamento adequado em Lisboa”, refere o responsável da Yilport.

Sobre os investimentos que serão feitos no terminal de contentores de Alcântara, Diogo Marecos refere que passam pela “demolição de dois edifícios e a construção de um único, mais moderno, sustentável e que reduzirá o impacto visual na zona”.

A isso junta-se a já referida “aquisição de equipamento industrial moderno específico para a movimentação de mercadorias”. “Os investimentos já foram iniciados, com a aquisição de diverso material industrial. E a planificação dos investimentos a realizar estende-se até 2035”, acrescenta.

Prazo da concessão reduziu

Yilport liscont Terminal de Alcântara LisboaO aditamento ao contrato assinado entre a Yilport e o Porto de Lisboa, em Dezembro passado, prevê que o prazo de concessão do terminal de Alcântara vá agora até ao ano 2038, o que é inferior ao estabelecido anteriormente.

Questionado sobre essa redução do prazo definida neste aditamento, Diogo Marecos refere que o mesmo “resultou de uma negociação demorada, iniciada em junho de 2017, e que assegura que os investimentos a realizar são efectuados com fundos privados”.

“Tratando-se de uma concessão, os investimentos estão em relação direta com o prazo do contrato e dos valores a pagar pela concessionária”, conclui.

 

Author

Back to Top

© 2020 Magia Azul, all rights reserved.
Partilhar
Partilhar
pt Português
X
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com